eletronicos
13 de Novembro de 2013

Passageiros de avião nos Estados Unidos poderão, em breve, ver vídeos e jogar no celular durante todo o voo, e não só depois que o avião estiver acima de 10 mil pés de altura, como determina a legislação no momento. A Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA) anunciou em 31/10 que será permitido o uso de dispositivos móveis também durante a decolagem e o pouso.

A decisão foi tomada após um estudo aprofundado sobre os riscos à segurança relacionados ao uso de aparelhos eletrônicos durante decolagem e pouso. Concluiu-se que a maior parte dos aviões comerciais é capaz de tolerar sinais de interferência de rádio sem chances de acidentes. Isto se deve, também, ao fato de fabricantes terem desenvolvido aeronaves cada vez mais resistentes a interferências eletromagnéticas, tendo em mente a crescente presença de dispositivos eletrônicos.

Ainda assim, a nova resolução valerá apenas para aviões que forem testados pela FAA. O tempo de implementação também depende de as companhias aéreas tomarem as medidas necessárias. Espera-se, entretanto, que até o fim do ano a maior parte delas consiga permitir o uso de dispositivos móveis com segurança.

Há, porém, ressalvas determinadas pela FAA: em caso de condições de baixa visibilidade, os sistemas de aterrissagem mostraram-se pouco resistentes a dispositivos eletrônicos de uso pessoal. Além disto, os aparelhos deverão ser obrigatoriamente utilizados apenas em modo avião. Assim, continuam proibidas atividades que exijam conectividade, como falar ao celular e fazer downloads.

A nova resolução beneficia não só os passageiros, cada vez mais dependentes de dispositivos eletrônicos, mas também a indústria de eletrônicos, que aprova a medida. Segundo seus representantes, uma experiência agradável de voo não necessariamente se contrapõe à segurança.

 

Fonte: Aeroporto de Guarulhos

Imagem: Geardiary